UM LOBO ENVELHECIDO

110

O Guará está envelhecendo, afinal, são 49 anos de muitos maus tratos, descasos e de abandono, onde quem devia proteger e cuidar apenas aproveita desse envelhecido povoado, onde a infraestrutura fica a desejar. Já não é um garotão para ficar largado como se encontra hoje.
O fato de estar quase na terceira idade exige respeito, mesmo sem o viço da mocidade, o velho lobo bem cuidado poderá dar a volta por cima pra esperar o cinquentenário que se aproxima.
O Guará hoje com um monte de problemas de ordem urbanística, de infraestrutura, descaso e incompetência de alguns que por aqui passaram com intuito de construir carreira política.
O pior de tudo é ver povo aceitando pintura e troca de meios-fios, limpeza de praças (algumas), podas de árvores, tapar buracos no asfalto, como se fossem benfeitorias sendo implantadas, muitos agradecendo como se fossem presentes do céu. Para mim isso tudo é manutenção obrigatória e não um brinde ou pacote de bondades como querem fazer crer.
Tem gaiato que, beirando os setenta, jura ter nascido por aqui, mas como nenhum é descendente de índios, fica difícil acreditar em tal mentira que os caras de pau teimam em afirmar.
As declarações de amor são intensas, algumas parecem até verdadeiras, outras são claramente eivadas de cunho político, com olhos para futuras eleições ou candidaturas que nunca dão em nada.
Ainda dá pra melhorar!

SHARE