NAS COXAS – LEIS PRA QUE ?

1264

Depois dessas merecidas férias, voltando ao meu amado Guará, reencontro o meu amigo Caixa Preta lá no Porcão, entre uma gelada e outra, pude ver que nada mudou, tudo continua na maior esculhambação, mas prometem mudar.
As invasões continuam a todo vapor por aqui, enquanto não chega a nova Lei de Ocupação do Solo – LUOS vamos continuar vendo o descaso que fazem com a antiga ainda em vigor. Acho que nem Babel conseguiu ser tão desorganizada, deixando a cidade bem prejudicada em matéria de plano urbanístico, trazendo enormes prejuízos para a população, afetando até a convivência entre as pessoas.
Como exemplo cito mais um monstrengo que começa a ser construído a toque de caixa, ali próximo o Ed. Consei na QE-34 em área residencial, chega a ser um acinte, uma verdadeira imoralidade contra o contribuinte que muitas vezes pagam impostos escorchantes, para ver essas aberrações por aqui, sem o menor zelo pela qualidade de vida da cidade e dos cidadãos.
Sem qualquer cuidado com normas e regras vigentes, colocando inclusive a vida de pessoas em risco, pois os responsáveis não tiveram o cuidado de fazer um levantamento sério sobre a localização e o impacto que causaria, inclusive ao trânsito.
Um estudo de impacto de vizinhança, mobilidade, acessibilidade não foi feito ou se foi feito para a liberação da obra, foi na base do velho e bom acochambramento (Nas coxas) como costuma ser para atender aos interesses dos chegados, sem se importar com os interesses da população.

SHARE