NO CIRCO

Depois daquela quase trágica aventura no mar, que não é nem bom lembrar pois o moleque ainda está traumatizado, principalmente depois da curta carreira como nadador.
O pobre Toquinho, apelido que ganhou da carinhosa vizinhança, pois nascera sem os braços e pernas.
Os amigos dele, gostavam muito dele, até faziam passeios com ele, o pai era quem não gostava, pois muitas vezes a turma deixavam ele por ai e ele tinha que ir buscar, muitas vezes tarde da noite.
Um belo dia os fiéis amigos resolveram fazer um programa que acreditavam não trazer perigo ao Toquinho, foram e levaram o Toquinho ao circo armado ali perto da delegacia na QE-26.
O moleque quase morre de tanta alegria de poder ir ao circo com os amigos pela primeira vez, era uma diversão e tanto.
Lá no circo os olhos dele brilhavam e se encantavam com as atrações que se revezavam no picadeiro, até que anunciaram a principal atração da noite, o domador.
Três leões, dois tigres de Bengala, aliás o nome era muito apropriado, pois os animais talvez precisassem realmente de uma bengala para se movimentarem.
De repente, um tumulto, as pessoas começaram a correr assustadas, os amigos do Toquinho,é claro, deram no pé enquanto o pobre Toquinho se debatia nas arquibancadas tentando sair dali, era uma cena medonha.
O leão que tinha escapado da jaula começou a ir lentamente em direção ao Toquinho, enquanto a multidão gritava : – Olha o aleijadinho!!! O pobre vai ser comido pelo leão!
Tadinho do Bichinho!!!
Foi quando o Toquinho não aguentando gritou : VÃO SE LASCAR , CAMBADA DE FDP!!! SEUS PUTOS!!! DEIXEM O LEÃO ESCOLHER SOZINHO, PORRA!!!

SHARE