UM CAMPING DE RESPONSA

Pode até parecer brincadeira mas a coisa é séria, encontrei com o Caixa Preta que logo me chamou a atenção para um pessoal que montou um acampamento bem ao lado do Centro de Saúde nº2,bem ali na QE-17,onde os carroceiros volta e meia, jogam entulhos por lá como se ali fosse uma área transbordo.
Armaram uma barraca e na maior cara de pau, trouxeram os trapos, cachorro, papagaio, cachaça e o que não podia faltar, sujeira, muita sujeira que está acumulando por lá e ninguém para dar um basta naquilo. Todo mundo com aquela famosa cara de paisagem, ninguém se mexe, parece que inércia é a palavra-chave.
O outro já montou bem ao lado da pista no mesmo local uma barraquinha onde fica deitadão descansando do nada que faz, passei para tirar umas fotos do local e ele disse que não gosta de ser incomodado fora do expediente.
Estamos lutando contra epidemias seríssimas que ameaçam a nossa população e nos deparamos com essa falta de respeito, com o que parece ser a complacência de autoridades e órgãos fiscalizadores da própria Secretária de Saúde, a quem cabe zelar pelo bem- estar da população.
Não adianta ficar mandando ofícios para essa turma pois eles não entendem, talvez por incompetência, engavetam ou transformam os tais ofícios nos famosos Ao, Ao:
Ao gerente, Ao Chefe, Ao Dentinho, Ao Cacete…e nada é resolvido com a celeridade que o caso exige.
E ainda tem uns piedosos que querem botar panos quentes, dá gosto ver tanta besteira, no meio como sempre aqueles que querem ganhar o reino dos céus se fazendo de “bonzinhos”,cheios de “mimimis”, dá até nojo tanta bondade.
Tá com pena? Leva pra casa e não se fala mais nisso. Estamos falando é de um problema de saúde pública, que pode afetar a população.

SHARE