SOS DF chega antes ao Guará

Anteriormente previsto para o dia 31, ação começou hoje no Guará com a presença do SLU. Outros órgãos são esperados ao longo da semana

O programa SOS DF do Governo do Distrito Federal começou nesta segunda-feira, 28 de janeiro, no Guará. Serão três dias de ações com equipes da Novacap, CEB, DF Legal, SLU, Detran, DER, e Administração Regional do Guará desenvolvendo 43 tipos de serviços, entre os quais substituição de lâmpadas, roçagem, podas de árvores, remoção de lixo, pintura de faixa, limpeza de boca de lobo e desobstrução da rede, além da operação tapa-buraco.

O mutirão começou com uma limpeza na cidade. Às 8h da manhã, a administradora do Guará, Vânia Gurgel, recebeu a equipe do programa para dar início às ações com  a equipe do SLU. Amanhã devem chegar as equipes da Novacap, CEB, DF Legal, SLU, Detran, DER, com apoio de cerca de 600 servidores.

Detentos reforçam time

A ação faz parte do convênio do Governo do Distrito Federal com a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap) e o projeto Mãos Dadas. O objetivo é a reinserção social dos presidiários da Papuda e, junto a isso, trazer benefícios à capital.

Para auxiliar nos serviços gerais e dar uma cara nova às regiões administrativas, presidiários, que cumprem regime semiaberto, estão nas ruas desentupindo bueiros, limpando paradas de ônibus e praças e recolhendo entulhos.

O projeto conta com o apoio da Sesipe (Subsecretaria do Sistema Penitenciário), responsável pela escolta dos reclusos; da Novacap, que fornece o equipamento de trabalho; e do Corpo de Bombeiros, que realiza o transporte.

 “Para mim é bom, pois eu estou diminuindo a minha pena e ajudando a cidade. Não vai ter mais enchente quando chover. Não estou ajudando só a mim, estou ajudando a sociedade. A gente trabalha, se distrai e ainda tenho remissão da pena”, afirma um dos detentos que integra o SOS DF.

SHARE