Café especial feito no Guará

Selecionado e torrado à perfeição em uma casinha da QE 19 , o Cafólatras Lab de Cafés quer popularizar o café especial na cidade

Os fundos de uma caprichosa casinha original da QE 19, com a personalidade de casa de vó, exala o gostoso cheiro de café torrado. Ali, os amigos Rodrigo Moll, Pedro Anjos e Paulo de Tarso profissionalizaram a paixão por café. Aliás, os três se autodenominam cafólatras, um neologismo que define bem o que acontece ali.

A Cafólatras Lab de Cafés, apesar de funcionar em um pequeno laboratório, tem uma grande ambição: popularizar o café especial na cidade. Para isso, os amigos desenvolveram uma fórmula que não aceita desperdício. Toda a produção é feita sob demanda, ou seja, o café é torrado quando já foi encomendado, garantindo o frescor do café recém torrado até chegar ao consumidor final.

O café Antes de Mais Nada é o que está em produção neste momento. É possível encomendar cafés com a marca da empresa ou pessoa desejada

O processo

Depois de meses de pesquisa, a Mokado escolheu grãos produzidos no Cerrado Mineiro. Uma região com estações bem definidas, com verão quente e úmido e inverno ameno e seco, e altitude entre 800 e 1300 metro do nível do mar, características parecidas com Brasília, que geram um terroir especial para o plantio de cafés arábicos. Os cafés do Cerrado Mineiro são conhecidos pela longa duração de seu sabor na boca, acidez delicada e cítrica, encorpados e naturalmente adocicados. Os cafés produzidos na Mokado podem ser rastreados por blockchain, através de QR code de cada embalagem, informando a época e a origem do plantio e colheita.

Após a escolha dos grãos, que chegam em sacas de 60kg secos. A torragem é ajustada para cada processo de filtragem. É possível ainda ajustar a torra ao gosto e especificidades dos clientes. Depois disso, basta moer (ou não, pois é possível comprar o café em grãos) e entregar nas cafeterias parceiras, como o Café Crioula, no Guará.

A vantagem de consumir café diretamente de uma microtorrefação, como a Mokado, é a garantia da origem e da qualidade do que é consumido. Todos os equipamentos de uma grande indústria estão ali, em escala reduzida, o que garante um controle de qualidade mais minucioso. As microtorrefadoras são operadas por profissionais com conhecimento técnico mais apurado sobre o grão de café, porque deve-se avaliar a qualidade e a ausência de defeito deste, além de saber avaliar a plataforma de blends, exigindo uma especialidade que gira em torno do assunto.

Preço

Mas, se a busca é popularizar o bom café no Guará, o preço é fundamental. Assim, no sistema de produção sob demanda, é possível oferecer pacotes de café recém-torrados e altamente selecionados, além de rastreáveis, por valores entre R$20 e R$30 (embalagens de 250 g moído ou em grãos).

O Café Mokado está pronto para atingir o público doméstico, nas cafeterias, empresas ou casas, de forma economicamente justa, com excelência de produção e identidade com o Guará.

 

 

Para encomendar:

Cafólatras Lab de Cafés

QE 19 Conjunto A casa 18 – Guará II

Whatsapp  : 61 981817259

SHARE