Bosque dos Eucaliptos ganha 400 novas árvores

Voluntários do Guará se mobilizam e atendem ao chamado do projeto Tempo de Plantar

No domingo, 08 de dezembro, mais de 150 voluntários, entre estudantes, autoridades, escoteiros e cidadãos comuns se uniram para plantar dezenas de espécies de mudas do cerrado ao longo de todo o parque Ecológico Bosque dos Eucaliptos do Guará.  Foram plantadas cerca de 400 novas mudas.

O Parque Ecológico e Vivencial Bosque dos Eucaliptos situado entre as quadras 38 e 42, é um dos parques ecológicos do Guará que necessita urgentemente de políticas sustentáveis e de meio ambiente para atingir seu principal objetivo de garantir a preservação da área, recreação e lazer à população.  Ações de revitalização, manutenção, preservação de nascentes e não degradação do local, entre outras melhorias são as principais reivindicações dos moradores das quadras próximas.

Abraçando a causa, os ambientalistas Simone Vaz e Junior Hokma aceitaram o desafio de Coordenar o Comitê de Plantio no Guará, dentro do Projeto Tempo de Plantar, idealizado para plantar 1 milhão de árvores em um dia, em todo o Distrito Federal.

Boa parte dos participantes eram escoteiros que atuam na cidade, como é o caso da escoteira Jéssika Nóbrega, de 11 anos, do grupo de escoteiros Hokma do Guará que plantou 14 mudas.  Ela achou importante participar e “contribuir para o bem de todos” disse.

Os voluntários começaram logo de manhã cedo e, às 11h30, já tinham alcançado a meta.  Outro voluntário e morador da QE 32, Kenedy Vicente da Silva, elogiou a iniciativa porque segundo ele, conscientiza as pessoas sobre a importância de plantar e preservar as áreas verdes.

Já para uma moradora que não quis se identificar é importante promover a limpeza do local para combater a presença de animais peçonhentos como cobras e escorpiões além de ratos e muito lixo. Sugere ainda opções de lazer e recreação principalmente para as crianças e jovens como parquinhos, trilhas e até uma piscina natural com aproveitamento das nascentes de água natural do parque.

A Administradora Regional do Guará, Luciane Quintana presente no encontro, afirmou que irá verificar junto a outros órgãos do governo, a possibilidade de um plano de manejo para o Parque, a exemplo do que já existe no Ezechias Heringer.

Para Simone, o domingo foi o início da prática de plantar que se estenderá por vários anos até a total recuperação do Parque. Para ela, a parceria dos voluntários e dos Clubes de Serviços como Lions Clube, Rotary Clube do Guará, Escoteiros Hokma  e órgãos como Ibram, Novacap, Cavalaria do Plano, Brasal e Administração Regional foram a base de apoio para a realização e concretização do objetivo, e espera contar com todos para realização dos próximos encontros.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Solve : *
25 − 11 =