RAMIRO LEONE

O primeiro professor de artes marciais do Guará

347

Quem não conhece Ramiro da Silva Leone tem dificuldade em acreditar em seus 73 anos. Fruto de muito exercício físico, segundo o próprio “Professor Leone”, como é conhecido na cidade desde que fundou a primeira academia do Guará.
Em 1972, no conjunto onde funcionava a Administração Regional do Guará, na QE 24, Leone e a Marilene receberam sua primeira casa, da SHIS. “Era uma casa ‘zero quarto’ como todas as outras, mas ficamos satisfeitos porque era uma moradia própria”, recorda.
A pequena casa na rua empoeirada abrigou na garagem os primeiros alunos de karatê. “Comecei dando aula para a comunidade mesmo e muitos alunos hoje são deputados, artistas de sucesso, juízes e muitos que se destacaram na vida profissional”, conta.
Em pouco tempo, a urgência por espaço cresceu. Leone decidiu levantar mais um andar e construir um dos primeiros sobrados do Guará. Morava embaixo e mantinha a academia em cima. “Era um tempo muito difícil, lembro que muita gente vendeu casa aqui para comprar no Setor O e hoje fica reclamando porque não conseguiu voltar. O Guará só tinha uma saída. Não existia a via para o Zoológico. Ficávamos muito isolados. Os taxis se recusavam a entrar no Guará II e quando passava um ônibus a poeira era tanta que era preciso trocar de roupa”.

Condecorações
Professor Leone nasceu no Paraná, foi criado em São Paulo e começou a praticar artes marciais há 62 anos. Passou 15 anos no Exército. Hoje orgulha-se de treinar a Polícia do Exército, a Guarda Presidencial e o 4º Comando Militar do Planalto. É contratado das Forças Armadas para treinar seguranças de autoridades e tropas brasileiras em combate com faca e combate corpo a corpo. Treinou as tropas de paz enviadas ao Timor Leste e Haiti, e centenas de seguranças e policiais.
Chegou a ministrar cursos de defesa pessoal em Bruxelas e na embaixada da Grã-Bretanha. Durante todos esses anos, Leone recebeu inúmeras comendas e homenagens. Seu trabalho foi reconhecido com a Comenda do Grupamento de Fuzileiros Navais, Comenda de Amigo do Comando Militar do Planalto, Diploma do Batalhão de Polícia do Exército, a Medalha Tiradentes e desde 2007 é Cidadão Honorário de Brasília, honraria concedida pela Câmara Legislativa pelos serviços prestados aos jovens e crianças em todo o Distrito Federal desde que se instalou na capital.
A academia de Leone, o Centro de Treinamento de Artes Marciais da Okikukai – Brasil, continua a formar campeões. Depois da QE 24, mudou -se para na Colônia Agrícola Águas Claras (Guará Park) onde também mora.

SHARE