Removida invasão na QE 38

Operação da Secretaria DF  Legal, antiga Agefis, removeu uma invasão de área pública entre a QE 38 e a QE 50 (Expansão do Guará) na tarde desta quarta-feira, 27 de agosto.  Oito “lotes” foram demarcados e cercados e um deles tinha uma casa de restos de madeira e outros dois estavam cercados com folhas de zinco e madeirite.

Os “lotes” foram demarcados após o cercamento do canteiro de obras da Organização das Associações e Entidades Habitacionais do DF (Oasseh), presidida pelo líder comunitário Zé Neto, que recebeu uma quantidade de lotes do GDF nas QEs 54 a 58, na “cidade do servidor”. No mês passado, a cooperativa Associação das Ocupações Históricas do Guará (Amoriguar), presidida por Teresa Dias, teve que recorrer à Polícia Militar para desocupar a área a que tinha direito, mas estava invadida, para também montar seu canteiro de obras.

A invasão foi denunciada na semana passada por um grupo de compradores de lotes da Terracap nas QEs 50 e 52 e hoje as máquinas do DF Legal, com a ajuda da Polícia Militar, removeram tudo que caracterizava privatização de área pública.

SHARE