Site Eu Amo o Cerrado vai mostrar as riquezas da região

Brasília Ambiental lança portal para que os brasileiros conheçam as espécies de aves, mamíferos, árvores, frutos e peixes do bioma. Os três parques do Guará estão na plataforma

O Brasília Ambiental acaba de lançar o site  Eu Amo o Cerrado (http://www.euamocerrado.com.br/#/). Partindo da premissa que “só cuida quem ama e só ama quem conhece”, a página dá a oportunidade ao usuário de conhecer as espécies de aves, mamíferos, árvores, frutos e peixes presentes no Cerrado. E ainda informa sobre as unidades de conservação e as trilhas realizadas no Distrito Federal.

“É fundamental que a população conheça e cuide do nosso bioma para a sua preservação. O site vai abrir o Cerrado para o mundo, além de ajudar na transparência da informação e mostrar o que estamos fazendo”, comentou o chefe da Educação Ambiental do Instituto, Marcus Paredes.

O projeto Eu Amo o Cerrado tem a finalidade de informar e conscientizar a população sobre a importância do nosso bioma, que abriga milhares de espécies vegetais e animais no Distrito Federal, várias em risco de extinção. E foi pensado e produzido pela Educação Ambiental do órgão, com recursos da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP/DF).

Centro de Excelência do Cerrado (Cerratenses), Jardim Botânico de Brasília, Brasília, DF, Brasil 3/4/2018 Foto: Tony Winston/Agência Brasília.rrO governo de Brasília, em parceria com a Fundação Banco do Brasil e o Serviço Florestal Brasileiro, lançou, nesta terça-feira (3), edital para recuperação do Cerrado no Distrito Federal. O ato ocorreu no Centro de Excelência do Cerrado (Cerratenses), no Jardim Botânico de Brasília.rrTrata-se de programa-piloto que selecionará projetos de recomposição florestal para áreas degradadas em pequenas propriedades rurais, prioritariamente, nas Bacias do Rio Descoberto e do São Bartolomeu.
SHARE