Mitra – banda guaraense mescla músicas ciganas, árabes e indianas com batidas de hip-hop, rock e o swing latino americano

Ao lado da Caracóis, apresenta-se no Karekas, em Taguatinga, nesta quarta

A Mitra, formada em 2016, é atualmente integrada por Andrew Wallace (alaúde e violão), Staphane Veneris (dança) e Lís Carvalho (vocais e flautas) e Lucas Moreira (violino). O grupo junta em suas canções autorais inspirações de músicas de músicas ciganas, árabes e indianas com batidas de hip-hop, uma pegada de rock e o swing latino americano, além de contar em suas apresentações e vídeos com performances de dança “Tribal Fusion”, que mistura diversos estilos de dança, como breakdance e dança contemporânea e elementos de danças orientais tais como dança do ventre, dança cigana e indiana. Oferecendo ao público uma experiência multi-linguística e multicultural a banda já se apresentou em diversos eventos e saraus no DF e no Goiás assim como já fez várias intervenções artísticas urbanas em pontos de intensa movimentação em Brasília.

Caracóis

Um power trio brasiliense de indie-jizz-jazz-bossa nova tameimpalense formado em 2018 por três interessados na cena indie-hipster-retrô-brasileira que queriam fazer música: Mari Sobrinho (baixo, geralmente), Darã Maia (na maioria do tempo guitarra), e Gabriel Caven (costuma ser baterista exausto). “Às vezes tem tempero, às vezes tem swing, às vezes tem power chord, e frequentemente tem tudo misturado em autorais meio cover, covers meio autorais”, revelam.

As duas bandas apresentam-se na quarta-feira no tradicional Karecas

  • Kareka’s bar – Taguatinga
  • 15 de janeiro
  • Couvert artístico opcional de 10 reais
  • 20 horas
  • QND 14, lote 09, Taguatinga Norte – Distrito Federal
SHARE