Assista filmes de cineastas guaraenses durante a quarentena

Festival Fica em Casa, capitaneado por artistas guaraenses, mas com apresentações de todo o país, passa a disponibilizar filmes feitos na cidade

Peterson Paim

O festival Fica em Casa, uma releitura do Festival de Incentivo à Cultura e à Arte, existente no Guará desde 2007, tem reunido artistas de todo o país em lives nas redes sociais. A proposta é que as pessoas possam continuar apreciando a arte local sem precisar sair de casa. Agora, o festival organiza uma playlist no Youtube com diversos filmes feitos por guaraenses. É só acessar o link e escolher o filme, de graça e de qualquer aparelho conectado à internet.

A lista foi organizada pelo cineasta e professor Peterson Paim. A seleção conta com vários filmes dele e de seus alunos e colegas. Ele é diretor, roteirista, fotógrafo, montador e músico, graduado em  Química e em Produção Audiovisual, e Mestre em Ensino de Ciências com análise e produção de vídeos didáticos-educativos pela UnB. Peterson mora no Guará desde 1986. Entre seus filmes (todos na playlist) estão Cidadão Brazza (melhor longa/júri popular na Mostra Brasília do Festival de Brasília de 2013), Alienados (júri popular na I Mostra de Cinema BO – Caixa Cultural, 2012), A História da Borracha (Prêmio ao Professor 2008 – GDF), Love Stone (troféu minuto no XXV Guarnicê – São Luís-MA, 2002) e Game Over (vencedor do I Festival do minuto DF ). Com o curta Quixote, a Lei do Mais Forte, recebeu indicação de melhor roteiro no TMFF, na Inglaterra, em 2016, e foi semifinalista no Los Angeles Cinefest, em 2017.

Lucas Rafael (foto Fernanda Morgani)

Outro proeminente cineasta da cidade participando do festival é Lucas Rafael. Formado em Marketing pela Faculdade Anhanguera, realiza trabalhos de audiovisual desde 2004, com certificação do Instituto de Tecnologia Don. Mario Zanetta em Paulo Afonso BA. É morador do Guará desde 2005, desenvolve no DF trabalhos com TV, produtoras de vídeo e oficinas de audiovisual, tendo realizado de forma independente mais de 20 obras de curta e média metragens (obras premiadas e exibidas em diversos países), atuou em diversos canais de televisão com produção de programas semanais, diários e ao vivo. Produziu eventos como, 3º Encontro da Associação Brasileira de Jornalistas do Turismo, 25 anos de Aniversário da Fundação Banco do Brasil, Projeto Coração Azul (ONU/Unesco, e secretária de Justiça do DF) Projeto Cultural Geladeira do Livro em 12 Edições, colaboração com o projeto Bazar das Meninas em 5 Edições, Oficinas Surdo Cinema (produção de vídeo para/por pessoas Surdas), atualmente atua como Conselheiro de Economia Criativa do DF, representando a sociedade civil.

Péterson Paim

Além dos Olhos (suspense, 103 minutos):

 

Alienados (ficção, 8 minutos):

 

Quixote, a lei do mais forte (ficção, 26 minutos):

 

Cidadão Brazza (ficção/documentário, 90 minutos):

 

Ousadia da Esperança (documentário, 75 minutos):

 

Lucas Rafael

Crack, Aborto e Ilusão (documentário):

 

Educador Popular (documentário):

 

Direito à memória final (documentário):

 

Carolina tem outras faces (documentário):

 

 

Ig Uractan

O Logro (ficção, 20 min) :

 

Davi Ribeiro

O Cavaleiro de Malta (longa, ficção):

 

João Vítor Pinheiro

O canto de Siren (curta, documentário):

 

A vida não é tão ruim assim (documentário):

 

Lucas Marques

 

 

 

FILMES ESTUDANTIS

Kaio Araújo

Agora é tarde (ficção, 5 minutos):

 

Emanoelly Pereira

Garota Espirro (ficção, 5 minutos):

 

Gabriel Santana

TCBD (ficção, 5 minutos):

 

Ana Luísa Alvarenga

A simplicidade do Trivial (ficção, 5 minutos):

 

Ana Carolina Campos

Adeus, Sophia (ficção, 6 minutos):

 

Igor Teixeira e Beatriz Vieira

SHARE