Guará chega às 80 mortes por Covid-19

Cidade é a sexta do DF em quantidade de óbitos, mas já esteve em terceiro lugar há dois meses. Mulheres são maioria entre os guaraenses contaminados

Com 5.298 casos confirmados, a cidade alcançou as 80 mortes por Covid 19 nesta terça-feira, 11 de agosto, de acordo com boletim da Secretaria de Saúde. O alento é que em relação à quantidade de mortes, Guará está em sexto lugar depois de figurar entre as três primeiras até há dois meses. A primeira colocação é de Ceilândia (15.864 casos e 344 mortes), seguida de  Taguatinga (9.501 casos e 169 mortes), Samambaia (8.002 casos e 146 mortes), Plano Piloto (10.323 casos e 121 mortes) e Gama (6.191 casos e 105 mortes).

Os números indicam que as mortes atingem mais as regiões de menor poder socioeconômico. O Lago Sul, por exemplo, tem 1.760 casos confirmados de contaminação e apenas 13 mortes. Águas Claras tem cerca de 800 contaminados a mais do que o Guará, mas 20 mortes a menos.

Dos contaminados no Guará, 2.860 são mulheres e 2.437 são homens. A noticia menos ruim é que já são 4.326 recuperados entre os moradores da cidade, mas 887 continuam em recuperação ou internados.

127 mil contaminados no DF

Segundo o boletim da Secretaria de Saúde, até esta terça-feira, foram notificados no Distrito Federal 127.484 casos confirmados de Covid-19. Do total de casos notificados, 108.594 (85,2%) estão recuperados e 1.815 (1,4%) evoluíram para óbito.

A média de idade do total de casos confirmados é de 38 anos, variando entre 0 a 104 anos, e a de óbitos é de 38 anos variando de 0 a 104. Do total de casos confirmados, os maiores números absolutos estão nas faixas etárias de 30 a 39 anos e 40 a 49 anos. Considerando-se apenas os residentes do Distrito Federal, as maiores incidências dos casos confirmados estão nos grupos de 30 a 39 anos e 40 a 49 anos respectivamente. A letalidade do Distrito Federal é de 1,5%, sendo que a maior letalidade por faixa etária está no grupo de 80 ou mais.

Ocupação dos leitos

Nesta terça-feira, a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede pública para Covid-19 era de 77% de acordo com o site Sala de Situação, alimentado pela Secretaria de Saúde do DF.

O Hospital Regional do Gama (HRG) tem 20 leitos de UTI para atender os pacientes mais graves infectados com a doença. Desses, 16 estão ocupados e quatro bloqueados. A unidade tem, ainda, mais 16 vagas para tratamento na Unidade de Cuidado Intermediário (UCI), sendo que todos estão ocupados. A unidade atingiu 100% de ocupação.

O Hospital Regional de Planaltina (HRPl) tem quatro leitos de UCI e apenas um vago. A unidade de Santa Maria (HRSM) conta com 90 leitos de UTI e desses, três estão vagos. No Hospital do Guará (HRGu), há quatro leitos de UCI no total e um ocupado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Solve : *
14 − 4 =