Outro passo para o novo Hospital do Guará

Deputado Rodrigo Delmasso consegue apoio do governador Ibaneis para iniciar o projeto e buscar recursos para a obra

1486

Após a visita do secretário de Saúde ao terreno há duas semanas, o deputado distrital Rodrigo Delmasso conseguiu dar mais um passo para a construção do Hospital Regional da Região Centro-Sul, que será construído no Guará. O governador Ibaneis Rocha autorizou o deputado guaraense a executar a emenda parlamentar no valor de R$ 1,5 milhão para a contratação do projeto técnico. Autorizou também a busca de empréstimo internacional ou de emenda parlamentar no Congresso para a obra, avaliada em cerca de R$ 160 a 180 milhões. O acerto entre os dois foi fechado na terça-feira, 12 de março, em reunião no Palácio do Buriti.
Com a autorização do governador, Delmasso vai intensificar as conversas, que já havia iniciado, com o Comitê Andino de Financiamento (CAF), do Banco de Desenvolvimento da América Latina, que dispõe de recursos específicos para esse tipo de projeto. A outra possibilidade é a oferta do senador Izalci Lucas (PSDB/DF) que se dispõe a apresentar uma emenda parlamentar ao Orçamento da União para a destinação de R$ 150 milhões para a obra. A expectativa é que o projeto seja concluído até o final deste ano e a construção seja iniciada em até dois anos, prazo para a viabilização dos recursos e a licitação da obra.
A expectativa inicial é de que o hospital abrigue um total de 365 leitos, sendo 245 para enfermaria, 30 para UTI adulto, dez para a Neonatologia e 90 para o pronto-socorro. Ao todo, o hospital poderá ter 28 mil metros quadrados de área útil.
Hospital completo
“A intenção de um complexo de saúde dessa natureza é que tenha uma área para laboratórios de análises clínicas, imagens, reabilitação de pacientes e também uma área específica para Odontologia. É um projeto ambicioso, que vai trazer muitas melhorias para essa região do DF”, afirma o secretário de Saúde, Osnei Okumoto.
“A expectativa é de que, até o ano que vem, esses projetos fiquem prontos. A ideia, agora, é agilizar tanto a captação de recursos para a construção como a elaboração do projeto arquitetônico, para que a população receba, o mais rápido possível, esse novo hospital”, afirma Delmasso.
Na avaliação da superintendente da Região de Saúde Centro-Sul, Moema Campos, o hospital virá para preencher o vazio assistencial atual, dentro da rede de urgência e emergência da região. “Com esse novo projeto, vamos ampliar nossa carteira de serviços. Poderemos atender Ortopedia, fazer partos, propiciar que o paciente da Centro-Sul não precise peregrinar pela rede e possa ser atendido próximo à sua residência, e na sua região de saúde”, explica Moema.
A Centro-Sul é uma das maiores regiões de saúde do Distrito Federal, e engloba Guará, Candangolândia, Núcleo Bandeirante, SIA, Park Way, Estrutural, Riacho Fundo I e II.

SHARE