Associação Comercial vai reeditar a Facig

Feira do comércio e indústria da cidade fez muito sucesso na década de 80



Evento de maior público na história da cidade – a última versão, em 1988, alcançou cerca de 50 mil visitantes – A Feira do Comércio e Indústria do Guará volta nos dias 11, 12 e 13 de outubro, ao lado do edifício Consei, entre as QEs 19 e 34, onde é realizado o São João do Guará.

Será a quarta versão da Facig, que antes teve como sede o estacionamento do ginásio coberto do Cave, depois o interior do próprio ginásio e o Salão de Múltiplas Funções do Cave.

O projeto da reedição da Facig foi apresentado pelo presidente da Associação Comercial e Industrial do Guará (Acig) numa reunião com empresários e representantes do governo nesta quarta-feira, 3 de julho.  De acordo com o projeto, estão previstas 110 estandes para mostrar o que a cidade produz, vende e oferece de serviços.

Deverson Lettieri e diretores da Acig no lançamento da Feira

Ampliar o mix

Nas primeiras versões da feira, o segmento de vestuário foi o mais representativo, porque coincidiu com a implantação do Polo de Moda, que na época havia recebido mais de 300 empresas da produção de roupas e calçadas. Como o Polo abriga atualmente menos de 100 empresas do ramo, a expectativa é que a Facig atraia muitas empresas de fora da cidade. “A intenção é priorizar o comércio e a indústria local, mas, com a globalização, certamente vão aparecer muitos interessados de outras regiões, inclusive de fora do DF, de olho no mercado consumidor do Guará, formado por um poder aquisitivo crescente”,  afirma Lettieri.

Após a apresentação do projeto, que ainda depende de detalhamento técnico, a Acig pretende começar a comercialização das estandes em agosto

SHARE